Thalles Roberto pede orações após tiroteio em igreja nos EUA

  • 14/02/2024
Thalles Roberto pede orações após tiroteio em igreja nos EUA
Thalles Roberto pede orações após tiroteio em igreja nos EUA (Foto: Reprodução)

Após os ataques a tiros ocorridos no domingo (11) na Igreja de Lakewood, em Houston, o cantor Thalles Roberto, ministro de louvor da denominação americana, pediu orações.

Depois de descrever brevemente o ocorrido na maior igreja evangélica dos EUA, Thalles lamentou o fato que aconteceu no culto em espanhol que tem início às 14h.

O cantor escreveu em seu Instagram: “Onde vamos parar? Orem pelas famílias da igreja!”

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Thalles Roberto (@thallesroberto)

A mensagem do cantor, que teve mais de 12.000 curtidas, contou com centenas de respostas positivas ao pedido de oração.

Uma mulher respondeu: “Orando! Nossa igreja é abençoada e nenhum mal do inimigo se formará!”.

Outra escreveu em espanhol [o texto foi traduzido]:

“Amém, oramos por nossa amada igreja Lakewood. Somos o corpo de Cristo e nos unimos na mesma mente, mas confiando que nosso Deus é fiel e poderoso e as trevas são derrotadas porque Cristo conquistou. Nada pode impedir a obra do nosso Deus. Deus preserve a família Lakewood.”

O ataque

De acordo com informações da polícia local, o tiroteio começou e terminou em questão de minutos. Em menos de 12 minutos, Genesse Moreno entrou no corredor, abriu fogo com um rifle estilo AR e foi morta a tiros por policiais que estavam trabalhando na segurança.

A Lakewood também usou suas redes sociais para informar sobre o ocorrido e pedir orações:

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Lakewood Church | Houston, TX (@lakewoodchurch)

O tiroteio deixou o filho de 7 anos de Moreno gravemente ferido com um tiro na cabeça e outro homem de 57 anos com uma ferida na perna. Milhares de pessoas dentro da igreja ficaram aterrorizadas com a experiência, o que levou a evacuações em massa da maior igreja de Houston.

Culto em espanhol

Em junho de 2022, a Lakewood teve seu culto interrompido por três ativistas pró-aborto. As mulheres tiraram seus vestidos e permaneceram apenas com as roupas íntimas, protestando aos gritos.

O pastor da igreja, Joel Osteen, tinha acabado de fazer uma oração e os fiéis começavam a sentar em seus lugares, quando uma mulher rapidamente se levantou, tirou o vestido e gritou: “É meu corpo, minha maldita escolha”, mostram vídeos publicados no Twitter.

(Foto: Reprodução)
Joel Osteen, pastor da Lakewood Church. (Foto: Wikipedia/Creative Commons)

Desta vez o incidente foi prior, quando o segundo dos três cultos de domingo na Igreja de Lakewood, um culto em espanhol, estava agendado para as 14h.

Genesse Moreno foi para a Igreja de Lakewood e estacionou seu carro na Timmons Lane, situada no lado oeste do edifício. Em seguida, a mulher saiu do veículo acompanhada de seu filho de sete anos e segurando uma bolsa. Moreno se aproximou de um guarda de segurança, que a autorizou a entrar por uma porta localizada no lado oeste do prédio.

Imediatamente, Moreno começou a disparar um rifle estilo AR dentro do corredor pelo qual havia entrado, atirando várias balas.

Logo em seguida, o policial Christopher Moreno (sem parentesco) e o agente da Comissão de Bebidas Alcoólicas do Texas, Adrian Herrera, confrontaram Moreno e começaram a disparar suas armas contra ela, após ela mirar nos policiais.

Ela e a criança foram atingidas por tiros e caíram no chão.

As primeiras chamadas informando sobre um atirador ativo na igreja foram feitas às 13h57.

Fim do tiroteio

Uma transmissão de rádio do despacho da polícia de Houston anunciou que o atirador havia sido neutralizado e solicitou assistência médica para uma criança que foi atingida na cabeça.

O Departamento de Polícia de Houston emitiu seu primeiro comunicado público sobre o tiroteio, instando as pessoas a evitarem a área e descrevendo-a como uma cena ativa.

Entre as 14h07 e as 16h30, a polícia e outros socorristas trabalharam para evacuar a área das pessoas que se abrigaram no local durante o tiroteio, além de investigar e limpar possíveis dispositivos explosivos e examinar um produto químico que Moreno foi visto pulverizando antes de ser neutralizada.

Posteriormente, a polícia afirmou que não havia encontrado nenhum dispositivo explosivo e que os produtos químicos que Moreno estava pulverizando eram produtos domésticos comuns.

Policiais e o prefeito de Houston, John Whitmire, conduzem uma coletiva de imprensa sobre o tiroteio, tranquilizando o público de que a ameaça foi neutralizada e divulgando os primeiros detalhes sobre Moreno e o ataque.

A juíza do condado de Harris, Lina Hidalgo, emitiu uma declaração descrevendo os eventos na igreja como "devastadores" e solicitou uma investigação para determinar se o ataque pode ser considerado um crime de ódio, especialmente devido à sua proximidade com o início do serviço em língua espanhola.

Medicações para esquizofrenia

A polícia, juntamente com agentes federais, conduziram uma operação de busca na residência de Moreno em Conroe, próxima ao Montgomery County Fairgrounds.

A mãe de Moreno estava presente em casa durante a busca e foi levada para um hospital por motivos médicos, conforme relatado pelas autoridades policiais. Ela está cooperando com as investigações.

Willi Carranza, ex-sogra de Moreno, fez uma publicação no Facebook revelando que Moreno estava sob medicação para esquizofrenia e culpando as agências de segurança pública, incluindo o Texas Child Protective Services, por não terem intervindo diante das reclamações sobre a saúde mental de Moreno.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/noticias/thalles-roberto-pede-oracoes-apos-tiroteio-em-igreja-nos-eua.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Deus Proverá

Gabriela Gomes

top2
2. Algo Novo

Kemuel, Lukas Agustinho

top3
3. Aquieta Minh'alma

Ministério Zoe

top4
4. A Casa É Sua

Casa Worship

top5
5. Ninguém explica Deus

Preto No Branco

Anunciantes