Fim dos tempos: Conheça as 8 grandes guerras em andamento no mundo

  • 22/02/2024
Fim dos tempos: Conheça as 8 grandes guerras em andamento no mundo
Fim dos tempos: Conheça as 8 grandes guerras em andamento no mundo (Foto: Reprodução)

Guerras, rumores de guerras, conflitos armados e tensões estão espalhados por todo o mundo. O presente século pode ser um dos mais conturbados da humanidade, de acordo com vários especialistas. 

O Guiame publicou uma matéria onde o Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS), especializado em defesa militar, afirmou que podemos viver a “década mais perigosa” já vista em toda a história. 

Os gastos militares no mundo aumentaram 9% no ano passado, chegando aos US$ 2,2 trilhões (quase R$ 11 trilhões na cotação da época), um valor sem precedentes. Enquanto isso, aumenta a fome e a insegurança para mais de 700 milhões de cidadãos de várias nacionalidades. 

Não há previsão de paz, pelo contrário, a cada ano aumenta o número de nações que guerreiam violentamente pelos motivos mais banais, entre eles, disputas por territórios e poder governamental.

Com isso, o número de mortos relacionados às guerras e combates armados subiu 5 vezes mais em 2023, comparado com os números no início deste século. 

Guerras em curso

No momento, há pelo menos 8 grandes guerras acontecendo, além de dezenas de conflitos armados, conforme reportagem da BBC News Brasil.  Entre elas, a guerra entre Israel e Hamas que teve início em 7 de outubro de 2023. 

A guerra entre Rússia e Ucrânia vai completar 2 anos em 24 de fevereiro deste ano. Outra guerra que escalou foi a da Etiópia e Tigré (Frente de Libertação do Povo do Tigré) que acontece porque milícias rebeldes querem derrubar o governo do primeiro-ministro Abiy Ahmed.

Na sequência da lista vem Burkina Faso, onde mais de 2 milhões de pessoas estão deslocadas por conta do conflito armado entre forças do governo e os grupos terroristas Al Qaeda e Estado Islâmico, desde 2016. 

A guerra civil na Somália se intensificou desde seu início, em 1991. Desde meados do ano 2000, assumiu um tom islâmico militante, com a ascensão do grupo terrorista Al Shabbab, aliado da Al Qaeda, que tenta derrubar o governo local. 

Vale mencionar que, nos países onde a guerra acontece entre governo e grupos terroristas, o objetivo é instalar uma visão radical da lei islâmica, onde até mesmo crianças são recrutadas para lutar. 

No Sudão, conforme a ONU, uma crise humanitária inimaginável está se desenrolando. A guerra começou em abril de 2023 e já deixou quase 6 milhões de deslocados e mais de 25 milhões necessitam de ajuda humanitária, ou seja, mais da metade da população. 

O golpe militar em Mianmar, em fevereiro de 2021, fez piorar o nível de violência no país do Sudeste asiático, onde mais de 13 mil crianças morreram e 1,3 milhão de pessoas estão deslocadas. 

O Iêmen enfrenta uma guerra civil há quase 10 anos, com alarmantes níveis de sofrimento. O país onde se originou o movimento político-religioso dos Houthis tem o apoio do Irã e segue a linha islâmica xiita

Nigéria e Síria também vivem conflitos sangrentos, protagonizados por terroristas islâmicos que querem tomar o governo a qualquer custo e dominar territórios. A guerra na Síria vai completar 14 anos em março deste ano.

Guerra ou conflito?

De acordo com Giulia Granchi da BBC News Brasil em Londres, a definição mais adotada por grupos internacionais de estudo adota o número de mortos como parâmetro para definir a diferença entre guerras e conflitos.

Quando há pelo menos 1.000 mortos no período de 1 ano, é considerado uma guerra. Já o conflito armado (disputa por territórios ou governos) se define quando há pelo menos 25 mortos durante 1 ano. 

“Várias organizações têm alertado para um aumento de conflitos armados nos últimos anos. Paul B. Stares, do Council of Foreign Relations — um grupo de pesquisa nos EUA que mapeia os conflitos globais — disse que entre os fatores para o aumento de conflitos estão as crescentes tensões econômicas e sociais. 

Por que não ouvimos falar sobre todas as guerras?

Há países em guerra que ganham mais visibilidade na mídia do que outros. Segundo a jornalista da BBC News, isso acontece porque algumas guerras podem envolver outros países, inclusive aqueles que possuem armas nucleares.

As guerras entre Israel x Hamas e Rússia x Ucrânia são as duas que mais se destacam nesse sentido. Outro fator que torna a guerra mais evidente na mídia está a proximidade com grandes centros populacionais. Além disso, há nações que restringem a entrada de jornalistas e ONG´s e não permitem o registro através de fotos e vídeos, por isso não há circulação nas redes sociais. 

Muitos líderes impedem que as informações se espalhem, já que haverá uma pressão internacional pelo cessar fogo e os corredores humanitários. Para o povo, porém, se o mundo tomar conhecimento das guerras, haverá mais oportunidades de socorro e ajuda humanitária. 

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/noticias/fim-dos-tempos-conheca-8-grandes-guerras-em-andamento-no-mundo.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Deus Proverá

Gabriela Gomes

top2
2. Algo Novo

Kemuel, Lukas Agustinho

top3
3. Aquieta Minh'alma

Ministério Zoe

top4
4. A Casa É Sua

Casa Worship

top5
5. Ninguém explica Deus

Preto No Branco

Anunciantes