Arrebatamento: Volta de Jesus repercute na mídia após ‘alerta’ no Carnaval

  • 16/02/2024
Arrebatamento: Volta de Jesus repercute na mídia após ‘alerta’ no Carnaval
Arrebatamento: Volta de Jesus repercute na mídia após ‘alerta’ no Carnaval (Foto: Reprodução)

A doutrina cristã do arrebatamento tornou-se notícia em diversos veículos da grande imprensa, após ‘alerta’ feito por Baby do Brasil durante o Carnaval, na madrugada de domingo (11), em Salvador, na Bahia.

Antes de fazer sua apresentação em um trio elétrico, a cantora fez um pedido à Ivete Sangalo, anfitriã do bloco carnavalesco. Após receber o aval para o seu anúncio, Baby disse:

“O arrebatamento tem tudo para acontecer entre cinco e dez anos. Procure ao Senhor enquanto é possível achá-lo".

Mostrando-se surpresa com a mensagem, Ivete Sangalo retrucou:

"Eu não vou deixar acontecer, porque não tem apocalipse certo quando a gente maceta ele".

A reação da cantora, após dizer que iria “macetar” o Apocalipse, fez o vídeo viralizar na internet, gerando curiosidade sobre a doutrina cristã.

Repercussão

A BBC Brasil fez uma extensa matéria, em que traz opiniões de estudiosos sobre protestantismo e pentecostalismo e cita a Bíblia:

“Passagens da Bíblia, mais especificamente a primeira das cartas escritas pelo apóstolo Paulo de Tarso (5-67 d.C.) aos cristãos de Tessalônica, hoje parte da Grécia, sugerem esse cenário."

Em seu portal, após citar um trecho da carta aos tessalonicenses, o veículo diz que “em outras palavras, o texto bíblico descreve o que acontecerá quando ocorrer a aguardada volta de Jesus pelos cristãos, com a ressurreição dos mortos e o arrebatamento, aos céus, dos vivos.”

O g1 reproduziu a ilustração dos ‘quatro cavaleiros do apocalipse’, também utilizada por outros veículos de imprensa, e apontou que “para religiosos, sobretudo os evangélicos pentecostais, a palavra [arrebatamento] está muito atrelada à ideia de fim dos tempos e da volta triunfal de Jesus.”

Para tentar explicar o que é apocalipse, a Folha de S.Paulo entrevistou pastores, como André Matheus, da Comunidade Cristã Oikos, na cidade de São Carlos, em SP.

Sobre o tópico “Cristãos creem que o Apocalipse se refere ao último período da História”, o pastor respondeu:

“Quando Jesus Cristo se revelará de forma final, retornando a esse mundo para vencer o mal de forma definitiva e estabelecer o reinado de Deus – marcado por amor, graça e justiça – sobre uma nova humanidade, em uma nova criação".

O que a Bíblia diz?

Apesar de ser um tema polêmico, com diversas interpretações entre as diferentes vertentes cristãs, o consenso é que o arrebatamento de fato acontecerá.

Autores bíblicos como o Apóstolo Paulo falam sobre ele.

"Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados" (1 Coríntios 15:51-52).

“Dizemos a vocês, pela palavra do Senhor, que nós, os que estivermos vivos, os que ficarmos até a vinda do Senhor, certamente não precederemos os que dormem. Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que estivermos vivos, seremos arrebatados com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre” (1 Tessalonicenses 4:15-17).

E o Apóstolo Pedro escreveu:

“Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão” (2 Pedro 3:10).

O que é o arrebatamento?

A palavra “arrebatamento” utilizada no texto, segundo o linguista e hebraísta Luiz Sayão, no original grego é “harpazo”, traduzida por “arrebatados” na versão Revista e Atualizada. Mas, o termo também pode significar “agarrar, apanhar ou levar”. Na literatura grega, essa palavra chegou a ser usada como “sequestrar ou levar embora”, acrescentou.

“É o único lugar do Novo Testamento em que a palavra arrebatamento, proveniente da Vulgata Latina, é claramente mencionada. Alguns sustentam que esse arrebatamento será secreto, mas Paulo parece descrever que será um acontecimento aberto e público, com ordem em voz alta e sonido de trombetas”, explicou em entrevista exclusiva ao Guiame.

Arrebatamento físico e encontro com Jesus

O missionário Fábio Coelho, líder do Ministério Vozes e Trovões e autor de dois livros sobre o fim dos tempos “Princípios da Batalha Espiritual e Não Apagueis o Espírito”, explica que o encontro com o Senhor nas nuvens será um arrebatamento físico. “Vamos subir, literalmente, até encontrar Jesus”, citou.

“Mesmo sendo um corpo glorificado, é um corpo físico. O nosso melhor exemplo de arrebatamento aos céus em forma física é o próprio Jesus. Ele subiu até o Trono, e nós subiremos até as nuvens”, compartilhou com o Guiame.

Ele também falou sobre outros tipos de arrebatamento conforme a Bíblia, como por exemplo, o apóstolo João que teve uma experiência extraordinária e sobrenatural. Um “arrebatamento de espírito” como ele mesmo descreveu. “Eu fui arrebatado em espírito, no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta.” (Apocalipse 1:10).

Paulo viveu algo parecido e também deixou registrado nas Escrituras. O próprio apóstolo disse que foi “arrebatado ao paraíso e ouviu palavras inefáveis, de que ao homem não é lícito falar” (2 Coríntios 12.4). E também relatou a experiência em outro livro. “E aconteceu que, tornando eu para Jerusalém, quando orava no templo, fui arrebatado para fora de mim.” (Atos 22.17)

O escritor explica que os dois textos que falam da experiência do arrebatamento de Paulo, podem ter ocorrido numa mesma ocasião ou em momentos diferentes. Não há como saber. Porém, o que mais importa é a descrição do ocorrido. “Paulo teve uma experiência tão intensa que não soube dizer se foi arrebatado fisicamente ou no espírito até o terceiro céu”, comentou o missionário.

Quando acontecerá?

Essa pergunta já reuniu cristãos das mais variadas denominações a fim de promover discussões intermináveis. Não há consenso. Muitos separam os dois eventos — arrebatamento e volta de Jesus. Outros sustentam que se trata de um único momento reservado para o futuro.

A falta de consenso sobre “quando” o arrebatamento acontecerá está em harmonia com a Bíblia, afinal de contas, quando os discípulos perguntaram a Jesus: “Qual será o sinal da tua vinda e do fim dos tempos” (Mateus 24.3), Ele respondeu a eles: “Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai” (Mateus 24.36).

Jesus apenas descreveu vários sinais e muitos já “estão se cumprindo”. Desde quando e até quando? Nesse ponto, o teólogo e escritor Hernandes Dias Lopes, faz uma observação interessante — os sinais são progressivos.

“Os sinais sempre estiveram presentes e, na medida em que o tempo avança para o fim, os sinais vão se intensificando. A quantidade de terremotos que acontecem hoje, é muito maior do que nos séculos anteriores. A quantidade de guerras é maior que antes. O esfriamento do amor, o aumento da iniquidade e a apostasia galopante. Tudo isso são evidências de que em breve Jesus voltará”, esclareceu ao Guiame.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/noticias/arrebatamento-volta-de-jesus-repercute-na-midia-apos-alerta-no-carnaval.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Deus Proverá

Gabriela Gomes

top2
2. Algo Novo

Kemuel, Lukas Agustinho

top3
3. Aquieta Minh'alma

Ministério Zoe

top4
4. A Casa É Sua

Casa Worship

top5
5. Ninguém explica Deus

Preto No Branco

Anunciantes