Apocalipse de cigarras: Milhões de insetos vão invadir os EUA pela 1ª vez em 200 anos

  • 02/04/2024
Apocalipse de cigarras: Milhões de insetos vão invadir os EUA pela 1ª vez em 200 anos
Apocalipse de cigarras: Milhões de insetos vão invadir os EUA pela 1ª vez em 200 anos (Foto: Reprodução)

Um fenômeno estranho está para acontecer nos próximos meses. Pela primeira vez em 221 anos, duas ninhadas gigantescas de cigarras deverão emergir do solo simultaneamente, nos EUA, para o acasalamento. Conforme o site científico Live Science, haverá uma “rara ninhada dupla”.

A rara ninhada de cigarras incluirá as duas maiores ninhadas de cigarras — Brood XIII e Brood XIX. Elas co-emergirão em massa após terem vivido no subsolo por 13 e 17 anos. 

“Ninhadas periódicas são encontradas apenas no leste da América do Norte. Quando finalmente emergem após um longo período, fazem isso em números enormes”, explica o site. 

“Depois de eclodidas, as cigarras periódicas imaturas, conhecidas como ninfas, vivem da seiva das raízes das árvores no subsolo antes de emergirem na idade adulta para acasalar — uma exibição barulhenta e frenética que ocorre durante várias semanas”, continua.

‘Próximo Apocalipse de Cigarras somente em 2245’

Ainda conforme o Live Science, este espetáculo incrivelmente raro da vida selvagem, apelidado de “Apocalipse de Cigarras” ocorreu pela última vez em 1803 e não acontecerá novamente até 2245. 

Embora existam mais de 3.000 espécies de cigarras, apenas sete são cigarras periódicas, que vivem debaixo da terra, conhecidas também como ‘magicicadas’.

“Destas espécies, três têm ciclos de vida de 17 anos e quatro têm ciclos de vida de 13 anos. As cigarras periódicas têm ciclos de vida muito mais longos do que as cigarras não periódicas, que amadurecem a cada verão e são encontradas em todo o mundo”, continua. 

De acordo com informações do site, cientistas da Universidade de Connecticut (UConn) mapearam a atividade da ninhada de cigarras no banco de dados do Periodical Cicada Project e mostraram que “a ninhada dupla começará a emergir no final de abril de 2024 e continuará por várias semanas”. 

(Foto: Reprodução)
A previsão é de “milhões ou trilhões” de cigarras emergindo do solo, nos EUA. (Captura de tela: YouTube/CNN Brasil)

‘Bilhões, até trilhões, de cigarras surgirão’

O número de cigarras, conforme os cientistas, é assustador. “Bilhões, até trilhões, de cigarras surgirão ao mesmo tempo em 17 estados”, disse Chris Simon, professor do Departamento de Ecologia e Biologia Evolutiva da UConn.

“Espera-se que a ninhada dupla se pareça com uma emergência periódica normal de cigarras, com um grande número de cigarras emergindo do solo à noite. Na primeira semana de emergência, as cigarras serão vistas pela manhã, pousando na vegetação rasteira após se livrarem da casca do exoesqueleto, antes de subirem nas árvores para acasalar e, eventualmente, para as fêmeas depositarem ovos”, detalhou. 

“Um novo lote de cigarras aparecerá na manhã seguinte até que todas as cigarras tenham emergido. Depois de subir nas árvores, os machos emitem um barulho alto e estridente de acasalamento, usando poderosos órgãos semelhantes a tambores, conhecidos como tímbalos, para atrair as fêmeas. As fêmeas então retornarão à chamada em um coro de cliques que aumentam em intensidade e volume à medida que o acasalamento começa”, disse outro cientista.  

“Será um ano de cigarra periódica bastante normal, com muitos adultos voadores ativos por cerca de três semanas, dependendo de como vai a primavera, à medida que os adultos completam suas atividades de acasalamento e postura de ovos. Então os adultos morrerão e as coisas voltarão ao normal. Cerca de seis semanas depois, os ovos eclodirão, mas a maioria das pessoas não notará isso, já que os filhotes são minúsculos e imperceptíveis”, resumiu. 

A maioria das cigarras morre dentro de duas a seis semanas após a reprodução. Depois de três semanas, a maioria das cigarras estará no alto das árvores e, depois de um mês, haverá um grande número de fêmeas de cigarras botando ovos nas árvores. Os ovos cairão então no solo mais baixo para eclodir e se enterrar no subsolo.

Pragas segundo a Bíblia

“A invasão de cigarras poderá fazer com que árvores sejam danificadas sem possibilidade de recuperação”, alertou o professor da Tennessee Tech Univesity, conforme notícias do Correio Braziliense. 

A devastação da vegetação através de insetos, segundo a Bíblia, é considerado um tipo de praga. Uma das 10 pragas do Egito se deu através da invasão de gafanhotos que devorou o que restou das plantações, após uma terrível chuva de granizo. 

Não há profecia específica para o fim dos tempos sobre insetos, mas há previsão da devastação da natureza, desastres e catástrofes naturais. O livro de Apocalipse, capítulo 8, por exemplo, diz que um terço da Terra, das árvores e de toda planta verde serão queimados. 

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/noticias/apocalipse-de-cigarras-milhoes-de-insetos-vao-invadir-os-eua-pela-1-vez-em-200-anos.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Deus Proverá

Gabriela Gomes

top2
2. Algo Novo

Kemuel, Lukas Agustinho

top3
3. Aquieta Minh'alma

Ministério Zoe

top4
4. A Casa É Sua

Casa Worship

top5
5. Ninguém explica Deus

Preto No Branco

Anunciantes